Dois potiguares na Final do Brasileiro 2016!

PDF Imprimir E-mail
Escrito por Maximo Igor Macedo   
Ter, 14 de Fevereiro de 2017 23:27

A prova máxima do calendário nacional é sem dúvidas a Final do Campeonato Brasileiro, já que reuni os classificados ao longo do ano para definir o Campeão Nacional, aquele que ficará eternizado na história.

A competição reuniu em 2017 doze enxadristas, que disputaram além do título nacional, 20 mil reais, recorde em premiação.

O campeão com muito mérito foi Everaldo Matsuura, conquistando seu segundo título, após 26 anos, de maneira invicta com 8,5 pontos e melhores critérios que o vice-campeão, Alexandr Fier. Completou o pódio Felipe El Debs com 8 pontos.

Sem surpresas os Grandes Mestres foram os protagonistas dessa batalha épica que foi travada na "Cidade Maravilhosa", uma das mais acirradas finais em termos de competitividade e luta, muito acredito em função da presença de Alexandr Fier, que impõem bastante intensidade nas provas que disputa, já que seu estilo de jogo é bem empreendedor, jogando sempre pela vitória, o que faz com que seus principais adversários tenham que adotar a mesma postura, sob pena de ficarem muito atrás na pontuação.

 

O Rio Grande do Norte teve o orgulho de ter classificado 2 enxadristas para essa magna prova através da Fase Semifinal, que foi realizada em Natal em novembro passado. São dois grandes enxadristas potiguares, que com certeza serão lembrando por serem desbravadores do Xadrez Potiguar.

Maximo Iack Miranda de Macedo foi o 8º colocado, é o maior expoente na modalidade de xadrez que o Rio Grande do Norte já teve. Primeiro Mestre Internacional, 7 vezes finalista do Campeonato Brasileiro, 7 vezes Campeão Estadual, vencedor de 2 Semifinais, 2 Campeonatos do Nordeste e diversos Abertos do Brasil, feitos que o imortalizaram,... assim como seu pai Mestre Fide Maximo Valério Macedo o fez 4 décadas antes ao sagrar-se campeão estadual 20 anos entre 1969 e 2000, 5 vezes finalista do Campeonato Brasileiro, vencer o Brasileiro Escolar, Brasileiro Universitário e Campeonato do Nordeste.

Carlos Henrique Lopes Pinto também finalista em 2017 é um dos grandes da história do Xadrez Potiguar, sendo o maior expoente do município de Mossoró, carregando em seu currículo nada menos que 4 títulos Estaduais, 3 vezes finalista do Campeonato Brasileiro, 1 Campeonato do Nordeste, título de Mestre Fide e a marca de ser o primeiro Rating Fide potiguar.

A campanha dos norteriograndenses foi condizente com seus ratings, mas claro que os espectadores sempre querem mais, e muitas vezes o sentimento de decepção assola os torcedores mais entusiasmados. Mas nós que estamos envolvidos diretamente com grandes competições sabemos o quanto é difícil competir com Grandes Mestres, enxadristas tão ativos em fortes competições. Nossos representantes muito nos orgulham e sabemos que tem muito a oferecer ao Xadrez Potiguar, no entanto nosso trabalho no Xadrez de Base e a grande quantidade de torneios realizados tem justamente a intenção de que novos valores surjam e avancem a partir de onde nossos desbravadores estão chegando e que dessa maneira possamos fazer ainda mais história no cenário nacional.

Parabenizamos os Mestres Iack e Carlos Henrique por mais essa honrosa página em nossa história!

 
top