Nakamura vence em Londres!

PDF Imprimir E-mail
Escrito por Maximo Igor Macedo   
Ter, 17 de Dezembro de 2013 08:57

http://upload.wikimedia.org/wikipedia/pt/thumb/7/73/Sauron_%28Tolkien%29.jpg/200px-Sauron_%28Tolkien%29.jpgO grande mestre, honraria máxima do xadrez, norte-americano Hiraku Nakamura venceu a edição de 2013 do London Chess Classic de maneira convincente ao eliminar em sua trajetória os lendários Nigel Short, Vladimir Kramnik e Boris Gelfand.

A capital inglesa sedia anualmente essa grande competi√ß√£o, que re√ļne v√°rias estrelas do cen√°rio enxadr√≠stico mundial. Em 2013 foi realizada entre 11 e 15 de dezembro, jogada com ritmo r√°pido em duas fases.

Depois dessa conquista, mesmo sendo um r√°pido, Nakamura firmou-se como um dos principais aspirantes a desafiante de Carlsen. Tanto √©, que o pr√≥prio Nakamura em postagem em seu twitter logo ap√≥s o mundial, j√° sentia-se nessa condi√ß√£o, quando comparou o noruegu√™s a Sauron, personagem do romance O Senhor do An√©is - "Come√ßando a perceber que eu sou a √ļnica pessoa que vai ser capaz de parar Sauron no contexto da hist√≥ria do xadrez ".

 

A primeira fase round-robin, que classificava os dois primeiros de cada grupo para a quartas-de-final eliminatória, foi dominada pelos maiores Elos. Passaram às eliminatórias: Grupo A - Viswanthan Anand (IND) e Michael Adams (ING); Grupo B - Peter Svidler (RUS) e Vladimir Kramnik (RUS); Grupo C - Hiraku Nakamura (EUA) e Boris Gelfand (ISR); Grupo D - Fabiano Caruana (ITA) e Nigel Short (ING).

Nas quartas-de-final eliminatórias Kramnik eliminou Anand por 1,5-0,5; Adamis eliminou Svidler nos tie-breaks 3-1; Nakamura venceu Short 1,5-0,5; e Gelfand, também no desempate, despachou Caruana 3-1.

Nas semi-finais aconteceu o esperado confronto entre Kramnik e Nakamura, cotados como prov√°veis desafiantes do noruegu√™s campe√£o mundial Magnus Carlsen no pr√≥ximo ciclo. Depois de duas partidas bastante disputadas o norte-americano se imp√īs sobre o russo, avan√ßando √† semi-final.

No outro embate das semi, encontraram-se Gelfand e Adams. Esses dois "veteranos" vem desafiando o tempo, conseguindo manter-se entre os mais fortes do mundo a 20 anos. O israelita levou a melhor com pelo placa de 1,5-0,5.

Desta maneira a Final foi jogada entre os dois componentes do Grupo C. Depois de dois empates na primeira fase aguardava-se um duelo duro, no entanto Nakamura não tomou conhecimento do adversário, vencendo a primeira e garantindo o título com empate na segunda.

Partidas em PGN

 

Artigos Relacionados

top